Grupo de capoeira de São Vicente se encontra sem local para treinar

O grupo de capoeira Cordão de Ouro de São Vicente, que tem a frente o Professor Marcelo, vem desenvolvendo a muitos anos um belíssimo trabalho voluntário com crianças, jovens e adultos no município. Porém, um problema constante persegue os que mantém viva a cultura da cidade: A falta incentivo do poder público.

O maior problema que volta e meia assola os capoeiristas locais, é a questão da disponibilidade de um espaço para ser realizado as atividades. Antes, a capoeira era praticada no clube Municipal, onde hoje é a sede dos grupos de teatro de Aida dantas, que após tomar posse do local, obrigou involuntariamente a capoeira a se deslocar até o espaço onde funcionava a antiga pastoral da criança, espaço no qual eles realizavam seus treinos até recentemente. Mas, o que chegou até o nosso blog é que o espaço agora está sendo utilizado como depósito, e os capoeiristas estariam tendo que treinar nas praças de eventos do município. Um dos capoeiristas falou ao blog que tentou marcar uma conversa com a chefe do poder executivo municipal, Jane Maria (MDB), mas segundo ele, não obteve êxito.

Com isso, os integrantes do grupo CDO de capoeira de São Vicente buscam por atitudes, tendo em vista a importância cultural da capoeira, tanto pela tradição histórica, quanto pelo trabalho realizados a anos.