Vereador João de Deus traí a oposição e vota em Neto de Cristina para presidência da Câmara

O vereador João de Deus (Solidariedade), que foi eleito em 2020 como um dos representantes da oposição do município, conhecido por G5,
traiu seu grupo político e votou na chapa que tinha Neto de Cristina como candidato a presidência da Câmara. Neto era o candidato do grupo do ex-prefeito Joci, que venceu Betinho por 5 votos a 4.

Em 2020, João de Deus fez sua campanha pelo grupo da professora Bebel, onde dizia fazer parte da nova política e ser oposição ao sistema político que governava São Vicente a 20 anos, usando o conhecido slogan “faça certo que da certo.”

Mas, não demorou muito para João de Deus mostrar que seu lado oposicionista a Joci foi apenas utilizado como cunho eleitoral para se eleger, e na primeira oportunidade, se uniu ao grupo que ele tanto criticou em campanha.