Secretaria de saúde nega testagem em massa para funcionários do Aristófanes Fernandes

Tendo em vista que o retorno das aulas presenciais das escolas da rede estadual de ensino voltaram antes das escolas do município, a direção da escola estadual Aristófanes Fernandes solicitou a secretaria municipal de saúde de São Vicente que houvesse uma testagem em massa dos professores e funcionários da instituição antes da data do retorno, garantindo assim uma maior segurança não só dos profissionais, como também dos alunos.

O que chamou a atenção da população do município foi o posicionamento da secretaria de saúde, que se negou a fazer a testagem, alegando que “os testes sorológicos, isoladamente, não servem como critério para afastar ou não qualquer servidor diante de um resultado positivo.” No oficio apresentado pela secretaria, ainda foi dito que “O uso indevido dos testes é desperdício de recursos públicos.”

Vejam o oficio

.