Auxílio Emergencial chegou ao fim ontem (31); população aguarda novas definições

Após sete meses de pagamento e prorrogações pelo caminho, neste domingo (31) a Caixa Econômica Federal deposita a última parcela do auxílio emergencial 2021 aos trabalhadores nascidos em dezembro, fora do Programa Bolsa Família (PBF).

Fim do auxílio emergencial: O que vem agora?

Após a sétima parcela, os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único deixam de receber o auxílio emergencial.

Os inscritos no Bolsa Família serão migrados para o Auxílio Brasil, novo programa social do governo federal, em novembro.

Parte desses 25 milhões deverá passar a receber o Auxílio Brasil, no entanto, para cerca de 22 milhões de pessoas, o benefício acaba.

O Ministério da Cidadania já confirmou que o reajuste no Bolsa Família será apenas em torno de R$ 230 em novembro e o governo conta com a aprovação da PEC dos precatórios para fazer um pagamento maior a partir de dezembro.

Fonte: Brasil 123